Gestão de Eficiência Energética

Morgado Blog

Gestão de Eficiência Energética

Os desafios da gestão energética.

Hoje em dia, um dos maiores desafios para as empresas é a gestão, e consequentemente a diminuição dos gastos com energia, principalmente num ambiente fabril onde este valor tem um impacto consideravelmente alto nos custos do produto final.

Uma gestão energética precoce pode implicar um gasto demasiadamente levado na produção de um produto. Este fato faz com que o produto fique menos competitivo e por consequência comprometer a empresa contribuindo para a perda de  negócios importantes.

Aqui gostaríamos de vos apresentar algumas soluções que podem contribuir e ajudar quando o assunto se trata de  Eficiência Energética.

Iluminação inteligente

Uma parcela significativa da conta da luz de uma empresa provém do seu sistema de iluminação.

Com o aparecimento das luminárias em LED,  sistema que veio revolucionar e dinamizar a qualidade da iluminação de interiores não obstante também verificando-se uma diminuição dos consumos de energia  quando comparado com as luminárias de halogénio, contudo  um sistema automatizado poderia fazer esse consumo diminuir ainda mais.

Existe um protocolo de comunicação dedicado as luminárias chamado DALI, esse protocolo é o responsável por levar e trazer informação para as mesmas luminárias, tornando-as “inteligentes”.

Com  este protocolo é possível a criação de alguns sistemas que contribuem para uma melhor gestão do tempo em que as luminárias ficam ligadas contribuindo na  diminuição  dos custos .

Algumas sugestões de soluções que gostaríamos de partilhar convosco e  que podem ser uma mais valia  para  aplicação na vossa empresa com o sistema DALI.

Assim:

- Imaginemos que na vossa empresa não é permitido fazer horas extras, o protocolo DALI  permite criar um sistema automatizado que comunica a informação às luminárias  emitindo uma mensagem para a partir das 18 horas todas as luminárias começarem a diminuir lentamente  a intensidade luminosa até que, quando chega às 19 horas as luzes fiquem totalmente apagadas. Com este processo o gestor evita que os seus colaboradores façam horas extras e ao mesmo tempo garante que nenhuma luminária irá passar a noite ligada

- Um outro sistema interessante e que o protocolo DALI permite é o aproveitamento da luz solar. Imaginemos uma sala de reuniões, a intensidade luminosa está programada para  que as reuniões sejam feitas com 500 lux de iluminação. Quando as condições de iluminação de um lindo dia de sol  fornecer para aquela sala 300 lux, a luminária recebe essa informação garantindo a gerência do restantes  200 lux, assim não precisa de trabalhar na sua potência máxima, e para além da diminuição do custo/hora também contribui para o aumento da vida útil da luminária.

Se por algum momento da reunião uma nuvem passar à frente do sol, diminuindo a intensidade luminosa de 300 lux para 100 lux os sensores instalados na sala captam essa informação transferindo-a para a luminária e esta gradualmente aumenta a sua potência garantindo assim os 500 lux predefinidos sem mudanças bruscas para os presentes na reunião.

Uma solução como esta para além de fazer com que as luminárias trabalhem com a potência ideal para um determinado ambiente também promove uma economia energética. Todas estas sinergias contribuem para a criação de um ambiente agradável e saudável para os colaboradores, clientes e fornecedores que estarão na sua empresa.

É sabido por muitos o que mais diminui a vida útil de uma luminária é o liga/desliga. Uma das possibilidades que contribui para o aumento significativo da vida útil de uma luminária são os parques de estacionamento, por exemplo, neste caso  as luminárias quando não detetam movimento em vez de se  desligarem totalmente diminuem a sua potência para uns 3% de intensidade luminosa, voltando à sua potência normal quando dá presença de movimento, este processo contribui significativamente para o aumento da vida útil das luminárias.

A melhor parte dos projetos de sistema de gestão de energia é que eles tem sempre um pay-back, ou seja, o valor do  investimento ao fim de um determinado período de tempo,(cálculo efetuado segundo uma determinada fórmula) fica totalmente pago, findo esse período o diferencial do custo energético é um benefício para a empresa. A eficiência energética constitui  uma valiosa oportunidade para as empresas. Podemos afirmar que este sistema faz parte da solução, com criação de valor real para o negócio e simultaneamente para a sociedade e para o ambiente hoje mais que nunca de alto valor para o planeta.

Este assunto é bastante extenso e com muitos case study interessantes, por isso em algum momento faremos um outro post dedicado exclusivamente à iluminação inteligente aqui no Morgado Blog.

Sistema de Gestão de Energia

Outro sistema que pode fazer com que a sua empresa tenha reduções significativas no custo de energia, é a monitorização e gestão da energia.

Mas como é possível fazer essa gestão e monitorização?

Existem soluções no mercado de cartas multimedidoras de energia que garantem acesso a dados como,  tensão, corrente, potência ativa e reativa, harmónicas e etc.

Essas cartas, juntamente com um PLC (que faz a função de coletor), pode fazer com que tenha um total controlo de onde está a ser usada a energia da sua empresa.

Vejamos alguns exemplos de case study onde a gestão de energia foi aplicada com sucesso.

 - Uma empresa com 3 máquinas que faziam exatamente a mesma coisa,  foi colocado um sistema de gestão de energia. No  final do primeiro mês verificou-se  que uma das máquinas consumia mais 30%  de energia do que as restantes, quando notificada a manutenção, descobriram uma corrente de fuga , facto que muito provavelmente já estaria assim há muito tempo potenciando um desperdício para a empresa.

Nesta mesma empresa, o diretor acrescentou  que, com este sistema de gestão de energia  ele também conseguia obter informação que lhe permitia um melhor controlo do período de tempo que cada máquina ficava a funcionar, bem como verificar o período de paragem que cada operador fazia para tomar café. Este sistema permitiu ao diretor a criação de sistemas internos para operar as máquinas de forma mais eficiente.

- Outra situação interessante passada numa outra  empresa, foi a colocação do sistema de gestão de energia, mas desta vez  para gerir todo o consumo energético, desde o parque fabril passando pelas áreas administrativas até ao armazém, nada foi poupado.

Como consequência o gestor obteve dois dados interessantes, o primeiro foi confrontar o consumo medido pelo seu sistema com o que vinha da companhia de energia, o segundo permitiu identificar uma ligação irregular.

O mais interessante foi a possibilidade da divisão da energia por centro de custos. Com este sistema o gestor passou a saber quantos KW cada sector consumia. A partir do momento que o custo da conta da luz foi imputado a cada departamento verificou-se uma  diminuição no consumo o que implicou a criação de novos hábitos levando a uma redução considerável no  consumo de energia e logo um ganho para a empresa.

Sistemas de eficiência energética e iluminação eficiente faz parte do portefólio da Morgado & Ca., caso pretenda obter mais informação estaremos à vossa disposição para qualquer esclarecimento que entendam por conveniente.

Fiquem Bem!

Wagner Puerta

Voltar à lista