Casa inteligente ao alcance de um clique

Morgado Blog

Casa inteligente ao alcance de um clique

No passado a nossa casa não falava, os nossos eletrodomésticos não comunicavam entre si, a opção alta voz só servia para ouvir música. Agora tudo mudou a um ritmo vertiginoso. Bem-vindo ao presente. A sua casa é inteligente.

Uma casa é inteligente quando dispõem de uma série de sistemas eletrônicos, sensores e dispositivos, de modo que podem ser controlados facilmente, inclusive à distância, a ideia é controlar monitorizar ações para trazer mais facilidade, conforto e praticidade ao dia a dia dos moradores.

Um exemplo disso é a gestão de aquecimento e ar condicionado, de forma que a casa fica sempre com uma temperatura cômoda, seja qual for a época do ano.

Isto pode ser conseguido através da instalação de sensores de temperatura e conectados a um computador ou dispositivo adequado, já que uma vez programados e decidindo qual a melhor temperatura, envia ordens para os dispositivos de controlo de aquecimento ou do ar condicionado.

Assim, podemos dizer que a casa inteligente é fruto da interseção entre a arquitetura, o design de interiores e a mais avançada tecnologia, o que permite a automação de modo desatendido de certas tarefas domésticas, mas também com a condição de uma supervisão ou de estabelecer os objetivos por parte de seus moradores.

Existem várias possibilidades para colocar essa ideia em prática. No entanto, é preciso ter em consideração que para além da necessidade e interesse do cliente, é necessário prever os custos associados às suas pretensões, para evitar desvios e custos adicionais.

Quais as vantagens numa casa inteligente?

Maior Segurança

Monitorizar através das câmaras e sensores de movimento/presença que nos alertam sobre intrusos e movimentos suspeitos, mesmo quando estamos ausentes.

Programar os sistemas de modo a poder receber notificações de qualquer situação anormal possa ocorrer, por exemplo existem sistemas de alarmes sem fio. Este pode ser instalado a partir de implementação de sensores de presença e de abertura de portas e janelas. É preciso também escolher um lugar para a central e ajustar o volume das sirenes.

Controle de acesso por biometria. O objetivo é controlar quem entra e sai por meio digital, permitindo implementar o chamado sistema smart lock, ou fechadura inteligente.

O acesso à moradia pode ser controlado pelo celular, mesmo estando distante pode dar permissões de acesso por exemplo a um familiar, sendo quase impossível alguém não autorizado defraudar o sistema.

Maior Conforto

Com uma casa inteligente automatizada, as tarefas aborrecidas do dia a dia passam a fazer parte do passado. Gestos simples como mudar o canal de televisão a partir do sofá tornam-se realidade para uma data de outros equipamentos. A partir do seu smartphone ou de outro dispositivo ligado à internet, será capaz de ligar e desligar luzes, controlar os estores ou persianas elétricas, programar playlists no sistema de som, entre outras coisas.

Ao mesmo tempo, também aumento o conforto pelo ajuste pré-programado de temperatura.

O proprietário pode indicar e registar o acionamento de ar-condicionado para um determinado horário e local para usufruir de um clima agradável aquando da chegada À moradia.

Maior Eficiência

A partir do momento em que os seus eletrodomésticos e equipamentos se encontram conectados e podem ser controlados e programados através do smartphone, chegou o momento de fazer contas ao consumo de energia.

Sim, graças à automatização da sua casa vai conseguir programar o período de funcionamento das tomadas inteligentes, acabar com o pesadelo dos equipamentos em standby e programar o funcionamento dos eletrodomésticos para as horas mais económicas. E com estas e outras medidas, reduzir os gastos com o consumo energético.

Um exemplo de eficiência é controlo de cenários de iluminação de acordo com a pretensões do morador, por exemplo se pretender assistir TV, as luzes podem ser reduzidas para evitar que o brilho do equipamento seja ofuscado.

Maior Personalização

 As opções são infinitas e por isso mesmo um dos grandes pontos fortes é criar uma casa inteligente à nossa medida. Podemos definir o tipo de soluções inteligentes que queremos utilizar, de que forma e quando as queremos utilizar.

O alcance de todos os recursos proporcionado pelo conceito smart houses é obtido pela integração. Para isso, é necessário adquirir aplicativos de automação residencial. Os aparelhos são conectados a uma central, que pode ser um aplicativo do smartphone.

Vale a pena investir numa casa inteligente?

Para além das vantagens já mencionadas atras, é necessário ter em conta o custo de aquisição do equipamento pois os preços variam conforme as necessidades e a disponibilidade de cada um. Mas, à semelhança dos equipamentos de classes energéticas superiores, a automatização de uma casa também pode ser vista como um investimento a médio e longo prazo.

Embora o investimento inicial seja superior, é possível rentabilizá-lo a médio ou longo prazo graças ao potencial de poupança energética dos equipamentos.

Resumidamente há duas razões essenciais para tornar a sua casa inteligente: Segurança e poupança.

Segurança, poderá ter dispositivos que o alertem para ocorrências, como caso de incêndio ou de roubo, via alarmes e notificações, que podem ser o suficiente para lhe salvar a vida.

Poupança, as smart houses garantem que economize energia elétrica e reduza as suas contas de luz e de água. Muitas vezes, as luzes permanecem acesas devido à preguiça de se levantar e desligá-las… e quem diz as luzes diz outros tantos aparelhos eletrónicos…, mas uma casa inteligente não deixa que tal aconteça.  E de certeza que vai notar diferença no fim do mês!

Fiquem bem!

Rui Silva

(AMMC)

Voltar à lista