Automatismos

Morgado Blog

Automatismos

Hoje, imaginar a nossa vida sem a ajuda dos automatismos é de todo impossível.  A sua presença está de tal maneira impregnada nos nossos hábitos, que muitas vezes nem damos conta de como é um facilitador para o dia a dia na nossa vida.

Estão presentes no controlo da luz da escada, no elevador, no portão de garagem, na máquina de lavar roupa, no sistema de bombagem de água, nos quadros elétricos e em muitos mais dispositivos de uso comum.

Na verdade, estes dispositivos permitem que um determinado sistema funcione de uma forma automática, sendo a intervenção do homem reduzida ao mínimo indispensável, ou mesmo sem necessidade de se supervisionar.

Na automatização de qualquer sistema, em particular no que se refere a linhas de montagem industriais, temos de ter em consideração diversos elementos que devem estar sempre presentes e de extrema importância tais como:

Sensores de presença– este tipo de equipamento encarrega-se de localizar a qualquer momento a posição do sensor em relação a todos os outros produtos que constituem a linha de montagem. Graças a este tipo de equipamento é-nos permitido conhecer a posição do produto, quando e como atuar em conformidade.

Encoders – este sistema determina a velocidade a que o produto se move dentro da linha de montagem. A transferência realiza-se através de forças que medem tanto o tempo, como a posição do produto. A sua performance determina com precisão milimétrica quando devem entrar em ação os atuadores.

Sistemas de visão – são os olhos da linha de montagem! Estes têm como função registar e guardar as imagens do produto que serão processadas e enviadas aos computadores encarregues de controlar as ações dos atuadores.

PLCS ou autómatos programáveis– são os sistemas responsáveis por controlar todos os processos industriais. Esta unidade atua como o cérebro da linha de montagem. Recebe todos os sinais de todos os tipos de sensores, analisa a informação de que dispõem e emite uma resposta de acordo com as necessidades particulares para cada caso específico.

Atuadores – são todas as máquinas que se encarregam de executar as ordens dos PLCS ou sistema de visão artificial de forma a que a interação seja realizada de um modo mais físico e palpável. Este pode ser de muitos tipos, desde robôs e pistões a jatos de ar ou água a qualquer dispositivo que possa influenciar na trajetória do produto.

Quais as nove vantagens dos automatismos?

            - Simplificam consideravelmente o trabalho do operador;

            - Eliminam tarefas complexas, perigosas, pesadas ou indesejadas;

            - Facilitam alterações nos processos de fabrico;

           - Melhoram a qualidade dos produtos fabricados, mantendo estável as suas características;

            - Aumentam a produção;

            - Permitem economizar matéria prima e energia;

            - Reduzem custos;

            - Aumentam a segurança no trabalho;

            - Controlam e protegem os sistemas automatizados.

Na Morgado & C.A., S.A. encontra uma gama completa de produtos que o ajudam a criar uma solução que permite fazer um projeto de A a Z.

Estamos disponíveis para o ajudar a encontra a melhor solução para Si.

Morgado & Ca., SA., um parceiro na expansão do seu negócio!

Fiquem Bem!

Fernando Costa

 

 

 

 

 

 

Voltar à lista