Instrumentação e Medição de Energia

Morgado Blog

Instrumentação e Medição de Energia

Instrumentação é a Ciência que aplica e desenvolve técnicas de medição, registo e controlo de processos de fabrico visando a otimização na eficiência desses processos.

O uso de instrumentos em processos industriais serve para:

  • Obter produtos de melhor qualidade com menor custo e menor tempo;
  • Aumentar a produção e o rendimento;
  • Obter e fornecer dados seguros da matéria prima e quantidade produzida;
  • Reduzir impactos negativos no meio ambiente;
  • Substituir o homem em tarefas repetitivas afastando-o, também, de ambientes agressivos.

Outra das vertentes muito importantes da instrumentação na indústria são as medições elétricas. Os riscos de não efetuar uma correta medição da tensão, corrente e potência da rede são muitos e alguns deles muito graves. Estas medições contribuem para melhorias de segurança e benefícios económicos. Descartando esta vertente, podem ocorrer:

  • Avaliações erradas do consumo de energia;
  • Dimensionamento incorreto dos equipamentos elétricos;
  • Risco de danificar permanentemente máquinas ou equipamento sensível;
  • Risco de falhas e curto-circuitos, com possibilidade de incêndio;
  • Possibilidade de falhas e diminuição da vida útil dos equipamentos;
  • Risco de acidentes e quedas de energia;
  • Risco de multas e cortes de energia por parte da entidade distribuidora de eletricidade.

A monitorização da qualidade da energia está diretamente ligada à questão de custo e performance. Fábricas atentas a este aspeto possuem informações transparentes sobre consumos elétricos internos, analisando e aplicando processos que façam a gestão destes recursos de forma inteligente.

Assim é importante dispor de ferramentas de ensaio com características adequadas à realização de ensaios impostos pela Comissão Eletrotécnica Internacional (IEC) e pelo Comité Europeu de Normalização Eletrónica (CENELEC).

Por exemplo, a norma IEC 60364, bem como outras normas equivalentes publicadas em toda a Europa (Portugal: RTIEBT; Itália: CEI 64-8; Espanha: REBT; Alemanha: DIN VDE 0100; França: NF C 15-100, …), determina os requisitos para instalações elétricas fixas em edifícios.A secção 6.61 desta norma descreve os requisitos para a verificação da conformidade da instalação com a norma. Para testar as medidas de proteção a norma IEC 60364.6.61 refere-se à norma IEC / EN 61557. Esta consiste em requisitos gerais para equipamento de ensaio, requisitos específicos para equipamentos de medição combinados onde abrange os requisitos específicos para medição/ensaio de:

  • Resistência de isolamento;
  • Impedância do circuito Resistência da ligação à terra e ligação equipotencial;
  • Resistência da Terra;
  • Desempenho dos diferenciais em sistemas TT, TN e IT;
  • Sequências de fases;
  • Dispositivos de monitorização de isolamento para sistemas IT.

A marca HT tem na sua gama de produtos, equipamentos avançados para análise de acordo com estas normas:

MacroTestG3 - Verificação de segurança de instalações elétricas civis e industriais 

Fulltest3– Verificação de segurança em máquinas e quadros elétricos de acordo com a IEC/EN60204-1 e IEC(EN61439-1-2

GSC60 – Análise de redes e verificação da segurança das instalações elétricas.

Toda a gama de aparelhos pode ser consultada no site da marca HT.

Fiquem bem e em Segurança!

Hugo Silva

Voltar à lista